X


Postado há 2 semanas

O que fazer no seu Tempo Livre?

Está cansado de fazer os programas e não sabe “O que fazer no seu Tempo Livre”? Com criatividade e disposição para experimentar novos programas, dá para sair da mesmice. Para ajudar você, preparamos uma lista inicial com dez roteiros para curtir com amigos e familiares. Inspire-se.

O portal Viva a Longevidade criou uma lista muito bacana com algumas dicas de o que fazer. Nós da Lavemcasa te damos mais tempo livre para fazer o que gosta, então que tal conferir algumas opções?!

Festa americana

Você provavelmente já participou de uma festa em que meninas levam doces e meninos, salgados. A ideia da festa americana é parecida. Só que neste formato cada convidado fica responsável por preparar um prato diferente. Assim, divide-se o trabalho de cozinhar e ninguém precisa ficar sobrecarregado – principalmente o anfitrião. Vale combinar um tema ou o que cada um vai levar para evitar repetições ou combinações extravagantes.

Tour pela cidade

Passear pela cidade em que se vive pode ser uma boa pedida. Ainda mais para os fãs de arquitetura, história e cultura. Na correria do dia a dia, passamos por pontos interessantes e esquecemos das atrações e dos marcos ao nosso redor. Dependendo de onde você mora, pode contar com a ajuda de visitas guiadas. Mas dá, claro, para fazer o tour por conta própria. É interessante organizar um roteiro de lugares a visitar e usar aplicativos de localização.

Saídas fotográficas

Um toque no celular é o suficiente para o registro da imagem. E cada vez com melhor qualidade de resolução. Essa realidade tornou os passeios fotográficos possíveis (também) para os amadores. Com sensibilidade e vontade para treinar o olhar, qualquer um pode aproveitar a riqueza da paisagem urbana e explorar seus diversos ângulos. Pode ser bacana participar de saídas em grupo: facilitam a troca de experiência e oferecem mais segurança.

Passeios de bicicleta

Pedalar pode ser a atividade ideal para se manter saudável e, de quebra, circular pela cidade. Seja sozinho ou acompanhado. Basta colocar a magrela na rua e utilizar a animação como combustível. Algumas capitais brasileiras contam com serviços de aluguel gratuito de bikes, como o CicloSampa, da Bradesco Seguros em São Paulo. O que pode, literalmente, ser uma mão na roda. Respeite as sinalizações de trânsito e não esqueça de carregar uma garrafa de água para se hidratar durante o percurso.

Passeios noturnos

Pode parecer que não, mas as cidades ganham outra vida à noite. Mesmo os pontos turísticos mais batidos ganham outras cores e sabores quando o sol se põe. Como a questão da segurança, infelizmente, é uma realidade no Brasil, sempre que possível, aproveite a companhia de um guia ou de alguém mais experiente (na região) para não cair em roubadas. Checar atrações e confirmar horários são medidas valiosas.

Piquenique no parque

Tire a toalha xadrez do armário e convide os amigos. Para quem curte ficar ao ar livre, nada melhor do que um piquenique no parque. Não importa se um café da manhã reforçado, almoço ou lanche da tarde. Contanto que na grama e sob a copa de uma árvore. O cardápio é seu, mas até pela conservação das comidas, priorize alimentos leves, como sanduíches, sucos e frutas. E não esqueça de deixar o local limpo ao final – o meio ambiente e as outras pessoas agradecem.

Encontros com bichos de estimação

Dono de bicho de estimação que se preze sabe da necessidade de, ao menos uma vez por dia, dar uma volta pelo bairro. De vez em quando deve-se quebrar a rotina e incluir uma versão estendida: o passeio com encontros de pets. O número de eventos desse tipo é cada vez maior e institucionalizado, facilitando troca de experiências e o contato entre os animais. Algumas cidades têm pontos, como praças, famosos por essas reuniões, digamos, mais espontâneas

Feiras de rua

As feiras livres têm muito a oferecer. E esse muito varia não só de uma região para outra como, em alguns casos, de um bairro para outro. É possível combinar a obrigação de abastecer a despensa de casa (com produtos mais frescos e acessíveis) com um passeio curto. Que tal apresentar às crianças as cores e sabores de frutas, legumes e verduras ou então combinar com amigos uma hora para matar, de forma rápida, aquela fome?

Viagens no aniversário

Seu aniversário pode ser uma oportunidade de ouro para parar e refletir. Ou receber amigos e curtir um momento especial. Mas, por que não, aproveitar para viajar? Praia, campo, uma cidade vizinha ou até outro país. O importante é deixar o cotidiano um pouco de lado para curtir novas experiências em um lugar diferente. O seu dia pode, inclusive, se transformar numa semana ou quinzena.

Sorvete na praça

Convidar os amigos para um lanche na praça ou no parque é outro clássico que parece ter caído posições na lista de roteiros mais populares. Seu charme, porém, continua irresistível. Como dizer “não” à convocação para saborear um sorvete de massa ou picolé? Ficar à toa conversando num banco, apreciando a vista e o movimento. Simples e delicioso. Vale a dica: não exagere e, se possível, prefira os artesanais.

Artigo publicado por: Viva a Longevidade
Escrito em: Fórum da Longevidade – Data 15 de dezembro de 2017

Gostou do post?
Compartilhe, curta, nos envie o seu feedback! 😉
#tempolivre

Lavemcasa, seu app de lavanderia.
Instagram . Facebook . Youtube . LinkedIn


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *